terça-feira, 12 de junho de 2012

Problemas Ambientais no Sudeste

Alagamentos 

 
As chuvas no sudeste são muito preocupantes, principalmente nos últimos anos, onde elas vêm provocando alguns estragos, como os constantes alagamentos nas ruas de São Paulo e a tragédia do ano passado na Região Serrana do Rio de Janeiro. Em Teresópolis esses acontecimentos vêm ocorrendo com uma maior frequência, por isso o governo já está tomando medidas para minimizar esses problemas.
Ano passado, em Teresópolis, após dias chovendo, houveram vários desmoronamentos e muitas mortes. Muitas pessoas podem pensar que o principal e único motivo para a grande tragédia foi a chuva em excesso, quando na verdade não foi só isso. A construção de casas em lugares não seguros também foi um fator essencial, pois as encostas das montanhas foram prejudicadas e como consequência as mesmas desmoronaram com a chuva.  
Em São Paulo esses acontecimentos ocorrem com mais frequência pois após algumas horas de chuva, várias partes da cidade ficam sempre alagadas. Um dos fatores que contribuem para isso, é o mal escoamento da chuva: como a maior parte do solo é asfaltado, não tem como a água da chuva penetrar no solo. Os bueiros deveriam ser os responsáveis por isso, mas como a maioria das pessoas jogam lixo nas ruas inconscientemente, esses acabam parando nos bueiros, entupindo-os, e a absorção da água fica cada vez mais demorada e difícil.
 

Trânsito

As cidades do sudeste são as mais populosas do país, pois a maioria oferece grandes facilidades de vida. Com a constante melhora da vida brasileira, cada vez mais, as pessoas conseguem comprar seus carros e isso está contribuindo para o aumento de trânsito dessas cidades. As filas quilométricas de carro, para quem mora em cidade grande, já é uma coisa muito comum e cotidiana para a maioria. Apesar disso, é quase inevitável o estresse diário dos motoristas e isso pode ser extremamente prejudicial para a saúde deles. E os motoristas não são os únicos que são afetados, o meio ambiente também é, ja que com quanto mais horas os carros estão parados no transito, mais estão soltando gases poluentes a atmosfera.








Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário